DEFINITION OF WRITER: SOMEONE WHO GETS PAID TO SIT AROUND ALL DAY DRINKING COFFEE AND MAKING STUFF UP. AH... I LOVE MY JOB!


quarta-feira, 24 de agosto de 2016

Life is good and God Is great!

Ontem fomos jantar fora, para comemorar o 1º rimversário do Nuno. Fomos a um restaurante do Centro Comercial a que costumamos ir e apesar de tentarmos comer coisas saudáveis, viemos de lá a rebentar pelas costuras.
O Nuno comeu um hambúrguer de frango E-NOR-ME com feijão preto, milho e arroz e eu, comi bitoque de vaca com feijão preto, alface e cebola. Aliás, bitoque não, 2 bitoques GI-GAN-TES-COS que me puseram no prato, antes que eu pudesse dizer alguma coisa.
Ainda pensei em comer só 1, mas depois fiquei com pena de mandar comida para trás e pumba, toca a comer os 2 bifes...
Resumindo e concluindo: estou até agora com o estômago cheio, mas apesar disso, tanto eu como o Nuno perdemos peso!
:)
Na macacada, para não variar! Vêm o tamanho do hambúrguer? O que vale, é que metade do milho e do arroz ficaram no prato.
E eu, com os meus super-bitoques (um deles, até saía do prato). Mas pelo menos, compensei com a saladinha!
Entretanto, chegamos a casa, ainda vimos um pouco de televisão e fomo-nos deitar. Mas com o calor, barulho de alguém com a televisão alta, um ataque de tosse do Nuno e foguetes de festas de Verão, só conseguimos adormecer por volta das 3h00 da manhã.
Hoje o sono anda por aqui a rondar, mas mesmo assim o Nuno foi trabalhar, são agora quase 10h00 da manhã e já está a cama feita, a máquina da loiça a lavar e eu estou agarrada ao computador a alterar e adicionar coisas ao novo livro.
Life is good! And God Is great!

terça-feira, 23 de agosto de 2016

Feliz rimversário!

Tudo preparado para mais um livro. Já tinha saudades da expetativa, de não saber o rumo dos acontecimentos no ecran do computador (há alguns anos, diríamos no papel) e de sentir a inspiração a chegar.
Além disso e muito mais importante, faz hoje exatamente 1 ano que o Nuno recebeu um novo rim. Um recomeço, uma oportunidade dada por Deus de recomeçar a viver realmente!
Sei que nesse dia, 2 famílias ficaram felizes pois receberam um orgão que lhes deu uma nova vida mas infelizmente, nesse dia, houve também uma família que se encheu de tristeza pois perdeu alguém.
Peço a Deus que os conforte e que lhes dê força e que possam ter um futuro, igualmente cheio de alegrias e sucessos.
E por aqui:
  • Gato deitado debaixo da cadeira já meio a dormir - Check
  • Marido no trabalho - Check
  • Televisão desligada e casa silenciosa - Check
  • Caneca de café preparada - Check
Ok, vamos lá dar corda aos dedos!

terça-feira, 9 de agosto de 2016

Ora muito bem:

Este blogue é uma espécie de diário meu. Um diário não muito privado, já que quem quiser pode ter acesso a ele e lê-lo! Aqui vou escrever sobre várias coisas minhas, nossas, escrita, etc.
Já tive outros blogues, mas acabei com eles por diversos motivos.
Ultimamente, já me sentia obrigada a escrever e ficava um pouco frustrada, quando via que apesar de comentar posts de outras pessoas, essas mesmas pessoas nem se dignavam a comentar no meu blogue ou sequer a responder a perguntas que lhes eram feitas.
Ora, tal como elas, eu (e acho que qualquer pessoa) gosto que os outros comentem o meu blogue. Por exemplo, quando recebo um comentário de alguém, vou ver o blogue correspondente e comento.
Se gostar do blogue, adiciono-o na lista aqui ao lado; se não for algo que me prenda a atenção, não volto lá.
Mas acho que um bocadinho de boa educação, nunca fez mal a ninguém.
Além disso, a blogosfera tem seguido ultimamente um caminho que não me agrada muito.
Blogstars (Who? What? How? Since when?), blogues a falar mal dos outros, pessoal que só escreve posts intitulados "Hoje acordei assim" e pespega fotografias a preto e branco de moçoilas com cara de quem lhe acabaram de atropelar o cão ou "estou indecisa e não sei que 185 coisas hei-de meter na mala, para ir passar o fim-de-semana a Fornos de Algodres"... Uf!
Acho que uma das últimas coisas que me deixou boquiaberta (ainda te espantas com estas coisas?), foi ler num blogue uma pergunta feita pela respectiva autora. Ora, a dita pessoa perguntava se achavam que devia cortar o cabelo ou se devia mantê-lo com o mesmo comprimento.
Em seguida, apareciam algumas fotografias de corpo inteiro da jovem, de costas (última moda). Para podermos apreciar o cabelo e a roupagem da mesma, claro está.
Nos comentários, algumas pessoas diziam que devia manter, outras que devia cortar e outras atreveram-se (as loucas) a dizer que sim, que devia cortar porque TINHA AS PONTAS ESPIGADAS. Meu Deus, a loucura!
Sei que uns comentários mais abaixo, encontrei a proprietária do blogue toda abespinhada, a dizer a essas malucas que se não gostavam, nem deviam pôr os pézinhos (ou será dedinhos) no blogue dela. Se era para criticar...
Mas... Quando fazemos uma pergunta, não queremos que as pessoas sejam sinceras connosco? Eh pá, eu quero!
Escusado será dizer, que assim como entrei com pézinhos (ou será dedinhos) de lã, assim saí. E logo eu, que ia dizer que ela tinha algumas pontas espigadas... Ui, ui!
Por essas coisas todas, deixei o outro blogue suspenso e mudei-me de armas e bagagens para aqui.
Pelo menos sei sobre o que hei-de escrever e ao mesmo tempo, guardo aqui memórias "para mais tarde recordar"!
Como podem ver no título (além de o ter confessado descaradamente no perfil), este blogue tem uma certa alusão à série "Crime, disse ela" e à sua personagem principal, Jessica Fletcher, uma das minhas preferidas de sempre.
Todos são bem-vindos, desde que venham por bem, é claro!
Atenção: palavrões, ofensas, agressões e camisolas com enchumaços estão terminantemente proibidas.
;)